Últimas atualizações
Novo endereço do Cognosco: http://www.cognoscomm.com
Diário das pequenas descobertas da vida.
Sábado, 18 de Fevereiro de 2006
Svefn-G-englar
Eis então que o Cognosco chega à bonita idade de 1 ano. Há blogs com menos idade e há muitos blogs com mais idade.
É talvez tempo de fazer uma (mais outra?!) reflexão sobre o que se foi passando por aqui ao longo deste ano.

O Cognosco começou pequeno, mero chapinhar no charco virtual português. Apesar da intenção inicial ser o do registo (pessoal) de saber, muitos artigos iniciais não o foram. Foi a fase do gatinhar, em que a descoberta de como fazer uma página na internet, como gerir um blog, como colocar imagens, como criar hiperligações por vezes superou a qualidade dos textos exibidos. Foi a infância do Cognosco, em que tudo era uma nova e excitante descoberta.

Veio em seguida a colocação de um contador de visitas no blog, a 26 de Abril de 2005 (decisão que levou algum tempo a ser tomada e efectivada, por receio de um nível de visitas tão baixo que poderia pôr em causa o tempo dispendido a gerir o blog).
O nível crescente de visitas confirmou e reforçou a intenção original de divulgação cognoscente. Foi a adolescência do Cognosco, em que a consciência do papel que ocupa e do lugar que nele ocupa determina a sua evolução.

Não sei se alguma vez o Cognosco chegará à idade adulta.
É até um exercício curioso de fazer, o de cogitar qual seria o próximo passo da evolução do blog. Talvez fosse tornar-se profissional, com equipas de redactores a substituir-me como único pesquisador/redactor/editor/censor, talvez o aparecimento de publicidade paga no Cognosco, tornando um hobbie num emprego a tempo inteiro...

Desconfio que o Cognosco viverá felizmente para sempre com acne facial...

Mas falta a reflexão. Já houve outros momentos em que o Cognosco se virou para o seu umbigo. A evolução dessas reflexões constitui, em si mesma, a adequada reflexão neste primeiro aniversário:

~ Cognosco primo a 18/02/2005 o primeiro artigo, em que é exposto o objectivo da criação do blog

~ Ponto da situação a 18/07/2005 Passados 5 meses, a caminho das férias do Verão

~ Bonus natal et felix novus annus a 18/12/2005 Passados 10 meses, na entrada para as férias do Natal

Dois acontecimentos fizeram parar por algum tempo o Cognosco, ambos vividos com bastante angústia e receio pelo futuro do blog:

~ entre 20 de Junho de 2005 e 5 de Julho de 2005 um qualquer problema informático, que nunca pude esclarecer, impediu a escrita de novos artigos. No artigo de regresso das trevas informáticas, He's alive!, há um relato das desventuras na altura ocorridas;

~ a 4 de Feveiro de 2006, uma ida ao médico informático para a colocação de uns apêndices de RAM eliminou todos os documentos guardados no computador, incluindo artigos a publicar, ideias para novos artigos, todas as imagens e artigos guardados, estatísticas detalhadas referentes ao Cognosco desde que foi criado e hiperligações de pesquisa importantes como fontes para novos artigos. O choque foi grande e por alguns dias a tarefa de reconstruir todo o blog parecia demasiado grande para ser suportada pelos meus ombros. Um ano e mais de 250 artigos e respectivas imagens e sinopses para recuperar a meio de complicações laborais era muito pesado. Mas o Cognosco encolheu os ombros, lambeu as feridas e prosseguiu. Algumas das imagens perdidas foram as imagens que compõem o logótipo do Cognosco... No artigo de penso-rápido-sobre-as-feridas, Agradecimento, há um relato dos pensamentos que por mim fluíam (e fluem) sobre esta situação;

Mas o ano que passou foi também feito de momentos agradáveis.


A 16 de Novembro de 2005 o Sapo destacou o Cognosco e fez uma pequena resenha do que interpretou ser o Cognosco. Foi agradável, durante os dois dias em que aconteceu, encontrar o Cognosco na lista de destaques na página de edição de blogs.


Em Janeiro de 2005 a página Ouvi dizer. Esta é uma página que se descreve como «um sistema de divulgação de notícias (...) Permite: - Ler notícias: Últimas notícias - Pesquisar notícias Ouvir mais - Votar nas notícias mais interessantes».
Descobrir o Cognosco entre a míriade de notícias referidas foi uma muito agradável surpresa.

E além disso o grande conjuntos de outros blogs que directa ou indirectamente referem o Cognosco, quer por referência a um artigo em particular
~ Ja me tinha tell
http://jametinhastell.blogspot.com/

~ Apenas mais um
~ Costinhas

quer por referirem a existência do Cognosco:
~ Provérbios e adivinhas
~ Utilidades
~ Google directory
~ Tol
~ All web directory

quer por colocarem o Cognosco na lista dos «links a visitar».
Não terei certamente conhecimento de todos os blogs que o fazem, mas alguns deles são:
~ Nox;
~ O império romano;
~ deprofundis;
~ Política TSF
~ Impressões digitais
~ Já me tinhas tell

Caso eu tenha cometido a injustiça de não referir algum blog que refira o Cognosco e que não coloquei na lista peço que me diga para que a situação seja rectificada


A tudo isto junta-se a lista de visitas internacionais que o Cognosco tem recebido neste curto ano de existência. A lista é já extensa (e este é apenas um exemplo retirado de um dia normal) mas gostaria de salientar que um terço das visitas (mais de 30%) têm sido dos nossos irmãos de além-mar, o Brasil


Ao longo deste ano que passou, os aspectos do Cognosco que suscitavam curiosidade e procura foram mudando ao ritmo dos novos artigos que eram publicados. Mas posso, sem margem de erro, referir que o artigo mais visitado do Cognosco foi:

~ Typi sanguinis sobre os tipos de sangue, como se distinguem, o que são, que consequências têm,...
(por vezes mais visitado do que a própria página principal do blog)

e que a imagem mais procurada e vista (e a principal razão para a visita de pessoas de países de língua oficial não-portuguesa) foi esta, a famosa «foto» do monstro do Lago Ness na Escócia. Esta fotografia foi recentemente exposta como uma grosseira falsificação, um pescoço montado sobre um barco de brincar, como relatado por um dos autores da fotografia no seu leito de morte. Mas a vontade de acreditar em falsidades é grande no ser humano...

Até ao momento em que escrevo este artigo, os 263 artigos do Cognosco mereceram 845 comentários. Muitos deles são meus, em resposta às indagações e cogitações dos leitores interessados. Este artigo é o produto do que eu pude salvar da recente perda. Caso falte ou alguém ache que falta alguma coisa que eu possa complementar não se coíba de dizer. Dentro dos possíveis, procurarei responder.

O balanço geral que faço é que o Cognosco acabou de dar o braço à primeira namorada e o casamento perspectiva-se para breve e para longo tempo...

Obrigado a todos quantos visitam e/ou comentam este pequeno cantinho da minha alma. Levam uma pequena mas importante parte do meu ser.

Desconheço o que significa o título.
As últimas notícias do meu irmão é que o título é um jogo sonoro de palavras: «Svefn» significa dormir, «englar» significa os que falam mas, com o G antes significa os que perseguem (com más intenções). Assim o título é um misto entre «os que falam durante o sono» e «os que nos perseguem durante o sono». É um misto da candura da infância (uma criança que fala durante o sono) e do terror da infância (os monstros que enchem os pesadelos).
A banda é islandesa e canta com uma língua falada inventada chamada(?) «hopelandic». Agradeço ao meu irmão, Rui pelas informações adicionadas sobre a banda.
Mas não tenho dúvidas de que esta música dos «Sigur Ros» é o perfeito espelho dos meus sentimentos...


Publicado por Mauro Maia às 13:21
Atalho para o Artigo | Cogitar | Adicionar aos favoritos

18 comentários:
De deprofundis a 19 de Fevereiro de 2006 às 13:45
Um grande abraço de parabéns e os desejos de que o "Cognosco" continue por muitos anos. Leitores nunca lhe faltarão. A qualidade acaba sempre por vir ao de cima.


De Rui a 19 de Fevereiro de 2006 às 13:48
Os Sigur Rós são islandeses, mas cantam em "hopelandic", uma língua imaginada, e a ideia por trás dessa opção é que cada pessoa faça a sua própria interpretação da música. Aliás, o terceiro álbum dos senhores não tinha nome nem títulos - tinha uma das músicas mais deprimentes que já ouvi na vida, mas isso são outras histórias ^_^ - e o caderno do CD não tinha imagens nem informações, de modo a que cada um o preenchesse como sentisse. Claro, podes encontrar traduções das músicas e títulos pela Internet, mas aí estás a perder o sentido da mensagem que querem passar. E de facto, ter como emprego "redactor de blog a tempo inteiro" parece bastante interessante, o género de coisa em que eu poderia pensar!


De . a 19 de Fevereiro de 2006 às 19:45
Parabéns e votos de que o Cognosco possa continuar a ser a referência que já é não só na blogosfera, mas também na área muito mais abrangente da divulgação de Conhecimento.


De Mauro a 20 de Fevereiro de 2006 às 22:24
Agradeço os votos de todos, «deprofundis», «Rui» e «.». E agradeço-te, «Rui», pela informação adicional sobre os Sigur Ros. Que são islandeses já sabia, desconhecia a questão do «hopelandic» e a interpretação ao-sabor-de-quem-ouve das letras. Muito interessante e vou adicionar essa informação no artigo.


De kamaruana a 21 de Fevereiro de 2006 às 17:26
Queria falar, mas a voz fica embargada. Quero teclar mas os dedos bloqueiam. Não faz mal.
O que fica por dizer é (será?) sempre o mais importante.
Um abraço do tamanho do Oceano Atlântico


De Mauro a 21 de Fevereiro de 2006 às 18:00
Neste aspecto particular será do tamanho de meio oceano... As palavras, quando não assentes sobre as raízes dos actos, são como rosas num ramo: bonitas à vista mas murchas rapidamente. Obrigado pela visita e pelo comentário.


De PN a 21 de Fevereiro de 2006 às 21:58
Desculpa o atraso, mas mais vale tarde do que nunca, não é? Parabéns pelo aniversário do Cognosco.


De PN a 21 de Fevereiro de 2006 às 22:03
Ah... não é que me incomode a não referência, mas já que pediste... Tenho o link para o teu blog desde que ele existe.


De marius70 a 21 de Fevereiro de 2006 às 22:25
Olá Mauro. Para já prazer em conhecer-te, depois dar-te os parabéns pelo ano decorrido e que muitos mais venham a decorrer numa de nos continuares a dar temas interessantes que por certo farão com que mais leitores se juntem aos que já o fazem pois o teu blog e as matérias que nelas escreves bem o merecem. Um abraço e tudo de bom


De Mauro a 21 de Fevereiro de 2006 às 23:38
Peço-te todavia desculpa, PxN, pelo incompreensível lapso. Seguramente sabes, como todos os leitores do Cognosco saberão, que foi um lapso. O número de vezes que referi no blog o Impressões digitais, o Em bom portugês e o Das letras é bem demonstrativo que nunca me passaria pela cabeça não te incluir na lista dos amicíssimos do Cognosco. Insanidade mental temporária, fruto das circunstâncias que atravesso, é tudo o que posso alegar em minha defesa. Obrigado, Marius70, pelas palavras de apoio e retribuo o abraço e os votos de tudo de bom.


Comentar artigo

Cognosco ergo sum

Conheço logo sou

Estatísticas

Nº de dias:
Artigos: 336
Comentários: 2358
Comentários/artigo: 7,02

Visitas:
(desde 26 de Abril de 2005)
no Cognosco
 
Cogitações recentes
Obrigado, João, pela contribuição. Não está no art...
Estive lendo sua cogitação à respeito do cálculo d...
Obrigado, Aleff, pelo apreço pelo artigo. Exatamen...
achei muito interessante essa sua forma de ver a l...
Obrigado, Desejo um bom 2014 também.
Artigos mais cogitados
282 comentários
74 comentários
66 comentários
62 comentários
45 comentários
Artigos

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Julho 2016

Março 2015

Dezembro 2014

Outubro 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Agosto 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005