Últimas atualizações
Novo endereço do Cognosco: http://www.cognoscomm.com
Diário das pequenas descobertas da vida.
Quarta-feira, 1 de Junho de 2005
O mar enrola na areia
Concha Uma curiosa experiência que se pode ter é encostar ao ouvido uma grande concha marinha.</br>
No seu interior parecem ecoar as ondas do mar.</br></br>

Várias teorias procuram explicar este fenómeno.</br>
Obviamente não é o eco do mar pois o som é audível mesmo que se encoste o ouvido a uma concha muito longe de qualquer praia. O efeito é maior quando se usa uma concha grande e espiralada.</br></br>

~ Algumas pessoas sugerem que é o eco do sangue a correr pelas artérias e veias do ouvido. Mas se assim fosse o som seria mais intenso após se fazer exercício, o que não parece corresponder à verdade;</br></br>

~ Há também quem sugira que é o ar a fluir por entre as paredes internas da concha. De facto o som parece tornar-se mais audível quando se levanta ligeiramente a concha do ouvido, parecendo sugerir de facto que se trata do fluxo de ar. Com uma pequena abertura o ar fluirá melhor e o som tornar-se-á mais audível. Mas já se experimentou este fenómeno numa sala à prova de som (onde há ar) mas aí não se houve som algum;</br></br>

~ A explicação mais verosímil parece ser que o som que se ouve no interior das conchas é o eco do som ambiente à nossa volta. O som ambiente ressoa dentro da concha se esta não estiver firmemente encostada ao ouvido (o que explica porque se ouve melhor o som com a concha a uma pequena distância do ouvido). O tamanho e a forma da concha modifica o som que se ouve no seu interior, pelo que em algumas conchas «ouve-se» melhor o mar do que noutras. Diferentes conchas produzem ecos de frequências diferentes.</br></br>

Nem sequer é necessário uma concha para se «ouvir» o mar. Pode-se usar uma chávena ou mesmo a palma da mão. Claro que o som não será tão audível devido à sua forma. Quanto mais reentrâncias tiver o item que se encosta ao ouvido melhor é o eco que produz. Este também varia de acordo com o ângulo e a distância ao ouvido.</br></br>

Também o som ambiente é preponderante no fenómeno, como é óbvio. Numa sala muito silenciosa há menos sons para ecoarem na concha e logo é menor o som «das ondas».
A concha funciona como uma caixa de ressonância. O som ressalta no seu interior várias vezes, criando um som audível.</br></br>

Paradoxalmente quanto mais barulhenta é a sala melhor se ouve o «mar»</br></br>

Ninguém sabe o que ele diz...


Publicado por Mauro Maia às 23:00
Atalho para o Artigo | Cogitar | Adicionar aos favoritos

3 comentários:
De fm a 2 de Junho de 2005 às 19:15
Desde criança ouvi dizer que o som do mar era audível encostando uma concha ao ouvido. Sempre estranhei este facto mas achava-o muito curioso. Já adulta vi que este acontecimento estava envolto em magia e encantamento. É para mim a fantasia que inebria e que prende os corações mais apaixonados ajudando a perpetuar explicações erróneas. São regra geral as menos credíveis mas as mais apetecíveis que se vão transmitindo de geração em geração.


De maresia a 2 de Junho de 2005 às 23:19
(...) ninguém sabe o que ele diz, enrola e canta baixinho, porque se sente felizzzzzz (como eu)


De maresia a 2 de Junho de 2005 às 23:23
e assim se quebra o fio do encanto da concha...


Comentar artigo

Cognosco ergo sum

Conheço logo sou

Estatísticas

Nº de dias:
Artigos: 336
Comentários: 2358
Comentários/artigo: 7,02

Visitas:
(desde 26 de Abril de 2005)
no Cognosco
 
Cogitações recentes
Obrigado, João, pela contribuição. Não está no art...
Estive lendo sua cogitação à respeito do cálculo d...
Obrigado, Aleff, pelo apreço pelo artigo. Exatamen...
achei muito interessante essa sua forma de ver a l...
Obrigado, Desejo um bom 2014 também.
Artigos mais cogitados
282 comentários
74 comentários
66 comentários
62 comentários
44 comentários
Artigos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Julho 2016

Março 2015

Dezembro 2014

Outubro 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Agosto 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005