Últimas atualizações
Novo endereço do Cognosco: http://www.cognoscomm.com
Diário das pequenas descobertas da vida.
Sábado, 21 de Maio de 2005
Voltas
Eis um paradoxo curioso.</br>
</br>
Uma pessoa está num jardim que tem uma árvore.</br>
Apercebe-se de um movimento e vê um esquilo escondido atrás do tronco.</br>
Como só lhe vê a cauda decide dar a volta para ver o esquilo melhor.</br>
Mas sempre que se move o esquilo muda de posição de forma a estar
sempre</i> atrás do tronco.</i></br>
A questão é:</br>
</br>
Será que andou à volta do esquilo?</br>
</br>
As voltas do esquilo</br>
</br>
~ Por um lado a sua trajectória é um círculo em redor da trajectória do esquilo. Contornou a árvore onde o esquilo estava.</br>
Andou à volta do esquilo.</br>
</br>
~ Por outro lado para dar a volta a algo tem de se ver frente, lado, trás, lado, frente,... Assim é que se dá a volta a algo. E a pessoa esteve sempre virada para o mesmo lado do esquilo, que mudava de posição.</br>
Não andou à volta do esquilo.</br>


Publicado por Mauro Maia às 01:42
Atalho para o Artigo | Cogitar | Adicionar aos favoritos

2 comentários:
De Paralaxe a 22 de Maio de 2005 às 23:19
Quanto a mim, aqui não existe paradoxo, pois sendo a volta em círculo, pressupõe a árvore como centro e não o esquilo que, movendo-se ou não, não é o centro da curva fechada.
Este post faz-me lembrar uma questão pertinente sobre a rotação da lua; a lua tem ou não rotação ?
Há quem diga que não, porque apresenta sempre a mesma face voltada para a Terra.
Eu creio que é precisamente por ter sempre a mesma face voltada para a Terra que tem movimento de rotação !
Pensa o mesmo ? Escreva (querendo...) alguma coisa sobre isso.
----------
Um abraxe do Paralaxe


De Mauro a 22 de Maio de 2005 às 23:47
Penso que o paradoxo se prende realmente com o uso da expressão "dar a volta". O recorrente choque da subjectividade da linguagem de uso corrente com a objectividade da linguagem matemática...
Realmente a questão da rotação da Lua dará de facto um artigo interessante. De facto a Lua apresenta sempre a mesma face porque tem rotação. Se bem que a "face escura" da Lua nunca ser visível não é inteiramente correcta. Obrigado pela sugestão. Em breve criarei um artigo sobre esta questão.


Comentar artigo

Cognosco ergo sum

Conheço logo sou

Estatísticas

Nº de dias:
Artigos: 336
Comentários: 2358
Comentários/artigo: 7,02

Visitas:
(desde 26 de Abril de 2005)
no Cognosco
 
Cogitações recentes
Obrigado, João, pela contribuição. Não está no art...
Estive lendo sua cogitação à respeito do cálculo d...
Obrigado, Aleff, pelo apreço pelo artigo. Exatamen...
achei muito interessante essa sua forma de ver a l...
Obrigado, Desejo um bom 2014 também.
Artigos mais cogitados
282 comentários
74 comentários
66 comentários
62 comentários
44 comentários
Artigos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Julho 2016

Março 2015

Dezembro 2014

Outubro 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005