Últimas atualizações
Novo endereço do Cognosco: http://www.cognoscomm.com
Diário das pequenas descobertas da vida.
Sábado, 7 de Maio de 2005
Inclusivas
A paradoxal frase Esta frase é falsa já me suscitou outras reflexões para além do facto de que se é falsa então Esta frase é verdadeira, então Esta frase é falsa,....

Atenção! As reflexões que se seguem são da inteira responsabilidade de quem as fez e não devem ser interpretadas como correspondendo a terminologias de algum modo validadas por qualquer entidade ou autoridade públicas

As palavras (em qualquer língua humana) referem-se a entidades exteriores a si mesmas.
:. A palavra vento não é o movimento de ar atmosférico a que se refere;
:. A palavra azul nada diz sobre si mesma, porque a palavra em si não tem cor e pode ser azul ou azul;
:. A palavra pequeno nada diz sobre si mesma, porque pode ser escrita grande ou pequena e ser a mesma palavra;

Mas palavras que se referem a entidades ou designações que se aplicam a elas mesmas.
Por exemplo, a palavra substantivo é de facto um substantivo.
Mas a palavra verbo não é um verbo.

Use-se, para as palavras que se auto-descrevem, o termo inclusivas.
Para as palavras que não se descrevem o termo exclusivas.
Facilmente constatamos que a generalidade das palavras portuguesas são exclusivas.

Na lista das (poucas) palavras inclusivas com que já me deparei encontrei:

~ substantivo
~ palavra
~ esdrúxula
~ grave
~ pentassílabo
~ hexassilábica
~ polissílabo
~ singular
~ masculino
~ feminina

Todas as palavras ou são inclusivas ou exclusivas.
E quanto às palavras inclusiva e exclusiva, qual a sua classificação?

~ se inclusiva é inclusiva descreve-se a sim mesma. Então é inclusiva;
se inclusiva for exclusiva não se auto-descreve. Então não é inclusiva, tem de ser exclusiva;
Pelos vistos é simultaneamente inclusiva e exclusiva...

~ se exclusiva é inclusiva descreve-se a si mesma. Então ela é exclusiva. Mas então ela é inclusiva. Mas então...
se exclusiva é exclusiva não se descreve. Então ela não é exclusiva, tem de ser inclusiva. Mas então ela é exclusiva. Mas então...
Pelos vistos não tem classificação, uma vez que se entra num círculo fechado lógico...

Deparei-me com duas renegadas do sistema, curiosamente as mesmas duas que sustentam todo o sistema de classificação exclusiva/inclusiva, duas Gorbathov que destroem o sistema que as justifica...

São realmente perigosas, apesar da sua inóqua aparência.
Há relatos não confirmados de expulsões de blogs e eliminação de artigos sobre elas relacionadas.
Realça-se que se tratam de notícias não confirmadas...


Publicado por Mauro Maia às 23:53
Atalho para o Artigo | Cogitar | Adicionar aos favoritos

2 comentários:
De pataininiti algarvia a 10 de Maio de 2005 às 11:19
Confesso que só há bem pouco tempo comecei a visitar o teu blog... e fiquei fascinada.
Adorei o modo que tens de expor o que escreves...
Continua assim! Boa sorte


De Mauro a 10 de Maio de 2005 às 15:21
Agradeço-te as (recentes) visitas e o comentário. É muito compensador sabermos que o que escrevemos é significativo para alguém além de nós.


Comentar artigo

Cognosco ergo sum

Conheço logo sou

Estatísticas

Nº de dias:
Artigos: 336
Comentários: 2358
Comentários/artigo: 7,02

Visitas:
(desde 26 de Abril de 2005)
no Cognosco
 
Cogitações recentes
Obrigado, João, pela contribuição. Não está no art...
Estive lendo sua cogitação à respeito do cálculo d...
Obrigado, Aleff, pelo apreço pelo artigo. Exatamen...
achei muito interessante essa sua forma de ver a l...
Obrigado, Desejo um bom 2014 também.
Artigos mais cogitados
282 comentários
74 comentários
66 comentários
62 comentários
44 comentários
Artigos

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Julho 2016

Março 2015

Dezembro 2014

Outubro 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Agosto 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005