Últimas atualizações
Novo endereço do Cognosco: http://www.cognoscomm.com
Diário das pequenas descobertas da vida.
Domingo, 1 de Maio de 2005
Cravats
Gravatas... Em qualquer ocasião oficial a que um homem vá tem de levar este acessório.
Mas de onde veio? Para que serve? Teve algum uso útil quando foi criada? É que agora mais não é do que um mero mostruário do (bom ou mau) gosto de quem a usa...</br></br>~ Já os legionários romanos usavam um pedaço de tecido em volta do pescoço para limpar o suor (no Verão) ou aquecer o pescoço (no Inverno).</br>
~ No século XV, os soldados croatas, devido às suas superstições, usavam um pedaço de tecido a volta do pescoço, acriditando que assim afastariam os golpes dos inimigos dessa zona sensível. (A meu ver só serviria para chamar a atenção dos seus inimigos exactamente para o pescoço, mas o pescoço era deles...)</br>
~ As gravatas, como os objectos de adorno que hoje as temos de usar, surgiram </br>no século XVII, em França, sob o reinado de Luís XIV, o "Rei-Sol". Este Rei tinha, entre as suas tropas, um regimento provindo desse país (a Croácia), estacionado às portas de Paris. Como qualquer soldado croata que se prezasse, estes tinham os seus pescoços bem protegidos(?) por um tecido à volta do pescoço. Os Parisienses, que sempre gostaram das últimas modas, aderiram ao hábito. O nome da nova moda era a cravat, a nacionalidade dos soldados que a inspiraram. Luís, que gostava de moda como qualquer outro Rei-Sol, aderiu também e tornou obrigatório o seu uso nos uniformes militares franceses, todas feitas de seda.</br>~ Aquando da revolução francesa os republicanos usavam cravats enormes e de cores berrantes. Os consciosos parisienses fizeram o mesmo. Quem quisesse estar na moda tinha de aprender a fazer os últimos gritos em nós em lições de 16 horas.</br>~ De cravat evoluiria a palavra portuguesa gravata.</br>Rtapas para fazer o Nó de Windsor~ Mas continuavam a ser lenços em volta do pescoço. Não eram como as gravatas que hoje temos de usar. Foi por volta de 1930 que o sempre-na-moda Duque de Windsor introduziu um nova camisa de colarinho aberto. Para "esconder" o espaço vazio criado pela camisa o Duque usava uma gravata com um nó triangular, que que passaria a ser conhecido como Nó Windsor, o tal que temos de saber fazer tão bem como apertar os sapatos.</br></br>Para que servem hoje em dia é uma questão que divide opiniões.</br>.:. Para alguns (muitos?) é uma forma de mostrar conformismo perante numa sociedade que procura homogeneizar tudo e todos.</br>.:. Para outros (quantos?) serve exactamente para mostar inconformismo nesta sociedade que procura homogeneizar tudo e todos. São os únicos(?) artigos masculinos (de uso oficial) que permitem ao homem mostrar os seus gostos pessoais.</br>Para mim:</br>- quem gosta acha que são inconformistas;</br>- quem não gosta acha que são conformistas.</br>Para mim parecem-se demasiado com cordas à volta do pescoço (com nó e tudo) para que me sinta confortável com elas...</br>


Publicado por Mauro Maia às 00:54
Atalho para o Artigo | Cogitar | Adicionar aos favoritos

1 comentário:
De JS a 7 de Maio de 2005 às 13:06
Estou em crer que a gravata é uma das grandes inutilidades que o homem criou. Simbolo de um qualquer estatuto social, nada mais que isso. Mas a verdade é que temos que viver com as inutilidades...


Comentar artigo

Cognosco ergo sum

Conheço logo sou

Estatísticas

Nº de dias:
Artigos: 336
Comentários: 2358
Comentários/artigo: 7,02

Visitas:
(desde 26 de Abril de 2005)
no Cognosco
 
Cogitações recentes
Obrigado, João, pela contribuição. Não está no art...
Estive lendo sua cogitação à respeito do cálculo d...
Obrigado, Aleff, pelo apreço pelo artigo. Exatamen...
achei muito interessante essa sua forma de ver a l...
Obrigado, Desejo um bom 2014 também.
Artigos mais cogitados
282 comentários
74 comentários
66 comentários
62 comentários
44 comentários
Artigos

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Julho 2016

Março 2015

Dezembro 2014

Outubro 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005