Últimas atualizações
Novo endereço do Cognosco: http://www.cognoscomm.com
Diário das pequenas descobertas da vida.
Sexta-feira, 29 de Abril de 2005
Saturação

Eis um destino horrível: um homem que tem tanta cultura que se saturou. Um pouco como um cozinheiro, cansado da novelle cuisine.
Já tive oportunidade de comentar no bloquito sobre esta questão.
Quantos de nós já não chegaram a casa cansados de um dia de trabalho, de uma série de papeladas resolvidas, de chatices geridas e ultrapassadas e não conseguem ler o livro que tanto os estava a emocionar? Não conseguem ver o DVD daquele filme que o amigo emprestou? Não conseguem ouvir o CD que acabaram de comprar?
É que os estímulos culturais são tantos na sociedade em que vivemos que por vezes não temos tempo nem disponibilidade para procurarmos novos estímulos ou criarmos nós mesmos esses estímulos. Nesse dia não conseguimos fazer o próximo capítulo do livro que andamos a escrever, não conseguimos tocar um novo acorde para a música que estamos a escrever, não conseguimos escrever a próxima cena da peça que andamos a escrever, não conseguimos escrever um novo artigo para o blog que andamos a escrever.
E o mundo parece que desaba. "Mas quem sou eu afinal?! Sempre gostei de escrever livros/músicas/peças/blogs e agora não consigo?"
É aí que nos apercebemos que "Fui infectado com o vírus SC1 (saturação cultural)".
O diagnóstico é garantido quando nem temos força para ler os 3 novos artigos do dia do Cognosco.
Infelizmente só há um tratamento para o SC1, a estremamente dolorosa quarentena.
Eis pois o remédio do séc. XXI para a doença do séc XXI: não leiam, não conversem, não vejam filmes, não ouçam música, não usem a internet, não leiam o Cognosco e aguardem. Dependendo do vosso estado de toxico-dependência a ressaca chegará.
Quando chegar nadem em livros, vejam filmes, comentem e tudo mais com a alegria dos ditosos quinze...
Se bem que não sei se não é preferível morrer desta doença em vez da cura...


Publicado por Mauro Maia às 16:44
Atalho para o Artigo | Cogitar | Adicionar aos favoritos

3 comentários:
De Rata Zinger a 29 de Abril de 2005 às 17:25
Concordo plenamente contigo e é o que vou fazer este fim-de-semana.
Deixei uma banda desenhada para um suposto Católico não identificado que afirmou eu ter de sair do país pelo que postava, pior: a culpa é minha.
Diz-me, por que razão a Rata Zinger tem as costas largas? ;-)


De Mauro a 29 de Abril de 2005 às 18:15
Já se sabe que as rata(zanas) têm costas largas. Desde sempre foram as culpadas de tudo, principalmente para o mundo eclesiástico, fartos de conviver com "vocês". Até a Peste Negra vos foi injustamente imputada. É muita persistência...


De fm a 29 de Abril de 2005 às 20:21
Abordas uma questão que me parece muito pertinente nos nossos dias. Vivemos numa sociedade cada vez mais exigente em termos profissionais e sociais. As reponsabilidades crescem desenfreadamente sem podermos dizer " basta". Olhamos pouco para nós mesmos e para os outros também. As solicitações multiplicam-se e estímulos tão diferentes competem numa corrida sem freio, sem sabermos qual deles vai ser o vencedor. Onde fica espaço e tempo para o enriquecimento pessoal? Não é certamente na famosa caixinha mágica que nos acompanha para onde quer que vamos! Dependemos dela mas ela depende ainda mais de nós - assim o traduzem a "ranking" das audiências. Mas uma coisa é certa nela apaga-se a apatia, o cansaço da correria do dia-a-dia. A cultura reclama disponibilidade física e psicológica para se poder partir em busca dos verdadeiros estímulos do espírito.O espaço da cultura só pode ser aberto por nós. Mas é necessário que as condições sociais estejam reunidas de modo a poder proporcioná-lo.


Comentar artigo

Cognosco ergo sum

Conheço logo sou

Estatísticas

Nº de dias:
Artigos: 336
Comentários: 2358
Comentários/artigo: 7,02

Visitas:
(desde 26 de Abril de 2005)
no Cognosco
 
Cogitações recentes
Obrigado, João, pela contribuição. Não está no art...
Estive lendo sua cogitação à respeito do cálculo d...
Obrigado, Aleff, pelo apreço pelo artigo. Exatamen...
achei muito interessante essa sua forma de ver a l...
Obrigado, Desejo um bom 2014 também.
Artigos mais cogitados
282 comentários
74 comentários
66 comentários
62 comentários
44 comentários
Artigos

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Julho 2016

Março 2015

Dezembro 2014

Outubro 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005