Últimas atualizações
Novo endereço do Cognosco: http://www.cognoscomm.com
Diário das pequenas descobertas da vida.
Segunda-feira, 25 de Abril de 2005
Centesim est circa Sapientia
Eis então o tão esperado e requisitado centésimo artigo do Cognosco. E que melhor tema para o centésimo artigo do Cognosco do que um sobre a inteligência, esse Santo-Graal cognoscente?</br></br>Todos(?) sabemos que a inteligência reside no cérebro (António Damásio mostrou que na verdade é um fenómeno emergente da interacção cérebro-corpo, no seu fabuloso livro O erro de Descartes. Mas isso será matéria para outro artigo).</br></br>Uma vez que quanto maior é um músculo mais forte é, quanto maior um motor mais potente, quanto maior uma perna mais rápida (o efeito da alavanca), quanto maior uma asa maior o seu poder de sustentação (o Princípio de Bernoulli, o princípio físico que sustenta um avião no ar, tem uma maior área de actuação. Isso torna os aviões maiores mais seguros do que os pequenos).</br></br>Então uma ilação fácil de fazer (e normalmente feita) é que então quanto maior um cérebro é mais inteligente será, uma vez que terá mais neurónios.</br>Mas a questão não é assim tão linear. É verdade que um cérebro maior tem mais neurónios mas também correspondentemente há um corpo maior, com mais músculos, mais pele, mais corpo para gerir e controlar. Se a relação fosse assim tão linear (maior cérebro->maior inteligência) uma vaca seria mais inteligente do que um Homem, os ratos já estariam extintos pois os gatos (que são maiores) já há muito os tinham conseguido apanhar e matar.</br>A verdadeira medida da inteligência de uma espécie animal é a relação Massa cerebral / massa corporal, que representa simplesmente a divisão entre uma e outra e equilibra o efeito do tamanho do cérebro com o corpo que gere. Assim, quanto maior for essa relação mais cérebro há em relação ao corpo que gere e logo mais cérebro livre das necessidades do corpo. O ócio (como já sabiam os antigos Gregos) é uma condição indispensável ao despontar da inteligência. Chamo a atenção para o facto de que o ócio não é sinónimo de preguiça.</br>
Eis uma tabela que faz a ligação entre a massa corporal de vários animais e as suas massas cerebrais.</br></br></br></br>Quanto mais afastado estiver um animal em relação à recta do gráfico (maior a relação cérebro/corpo) mais inteligente a espécie animal é. (Chamo também a atenção para que essa relação é relativa à espécie e não a indivíduos singulares. Lord Byron, famoso Poeta inglês tinha um cérebro que tinha o dobro do tamanho de Einstein sem ter o dobro do seu corpo e não era duas vezes mais inteligente. Cuidado com a aplicação desta relação...)</br>
Por análise do gráfico vemos que um Homem é mais inteligente do que um Lobo e que este é mais inteligente do que um Leão. Importante também é ver que a questão é a distância à recta e não a "altura" no gráfico. Um Gorila está sensivelmente à mesma distância do que um elefante da recta, logo têm inteligências semelhantes, de acordo com o seu peso, mas o elefante está num ponto mais elevado do gráfico. O animal mais inteligente (o que em média está mais distante da recta) é o Homem, seguido de perto pelo Golfinho. Claro que os animais que estão abaixo da recta têm mais músculo do que cérebro...</br>
Eis como então fazer a comparação de inteligências entre espécies animais. É claro que há um limite mínimo para â massa de um cérebro para que o animal seja inteligente.</br> Imagine-se um animal com 2 neurónios e do tamanho de uma ameba. Por esta escala seria imensamente inteligente, mas na verdade faltar-lhe-ia material (neurónios) para que se produzisse inteligência...</br>
Também assim se percebe que os dinossáurios eram criaturas desprovidas de inteligência, pois tinham cérebros minúsuculos em relação ao seu corpo (o paradigma é o alossauro, o maior animal a andar sobre a Terra. A baleia azul é BEM MAIOR, mas não é terrestre). O dinossáurio mais inteligente terá sido o Troodonte, cuja relação cérebro corpo era semelhante ao das modernas avestruzes...</br>
Cai também assim por terra o argumento machista de que os Homens são mais inteligentes do que as Mulheres porque têm cérebros maiores. Só que também têm maiores corpos, o que anula a "vantagem"</br>
</br>
O centésimo é acerca da Inteligência</br>


Publicado por Mauro Maia às 17:59
Atalho para o Artigo | Cogitar | Adicionar aos favoritos

4 comentários:
De Rata Zinger a 26 de Abril de 2005 às 18:47
A ratazana não está muito bem situada... Tão pouco peso em tudo...


De Rata Zinger a 26 de Abril de 2005 às 18:53
Só agora percebi aquela frase em latim. É a tua mulher que faz anos e envias-lhe muitos beijos. É isso?


De Mauro a 26 de Abril de 2005 às 19:22
Exactamente, RaZ.
Ave ~Olá ; pulchra ~bela ; uxor ~esposa ; mea ~minha ;; Hodie ~Hoje ; natalis ~(dia do) nascimento ; teus ~teu ; est ~é ;; Mille ~mil ; osculi ~beijos



De Mauro a 26 de Abril de 2005 às 19:54
Se as coisas boas só viessem em grandes pacotes os bonbons seriam do tamanho de casas...


Comentar artigo

Cognosco ergo sum

Conheço logo sou

Estatísticas

Nº de dias:
Artigos: 336
Comentários: 2358
Comentários/artigo: 7,02

Visitas:
(desde 26 de Abril de 2005)
no Cognosco
 
Cogitações recentes
Obrigado, João, pela contribuição. Não está no art...
Estive lendo sua cogitação à respeito do cálculo d...
Obrigado, Aleff, pelo apreço pelo artigo. Exatamen...
achei muito interessante essa sua forma de ver a l...
Obrigado, Desejo um bom 2014 também.
Artigos mais cogitados
282 comentários
74 comentários
66 comentários
62 comentários
44 comentários
Artigos

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Julho 2016

Março 2015

Dezembro 2014

Outubro 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Agosto 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005