Últimas atualizações
Novo endereço do Cognosco: http://www.cognoscomm.com
Diário das pequenas descobertas da vida.
Sexta-feira, 8 de Abril de 2005
Hora de ponta
Um dos factos mais curiosos que tenho constatado aqui no Funchal tem sido as suas horas de ponta. Em qualquer cidade (portuguesa, sobre as de outros nada posso dizer) em que há horas de ponta sabe-se que a determinada hora da manhã (podem ser as 7h ou as 8h ou outra) as ruas estão entupidas com carros de pessoas que se dirigem à cidade para trabalhar. Também a uma determinada hora da tarde (podem ser 6h, 7h, 8h, outra qualquer) já se sabe que os mesmos carros entopem as ruas para o regresso a casa. E isto todos os dias, exceptiando sábado e domingo.

Mas o Funchal é único nesse aspecto. Tem horas de ponta, também nessas horas azs ruas são entupidas, também ao sábado e ao domingo a cidade parece fantasma.
Mas QUANDO são as horas de ponta não é certo. Numa 2ª feira podem as 7h estar a transbordar de carros e noutras segundas já não, serem outras horas ou nem sequer haver hora de ponta e depois voltarem a ser. E isto válido para qualquer dia da semana.

Nunca sei quando saio de casa às 8 horas para dar aulas se terei ou não muito trânsito, não posso regular a hora de saída pelo tempo que ficarei no trânsito. Posso demorar 1 hora a chegar À escola ou só 10 minutos. Nunca se sabe. A vida no Funchal é um carrossel de possibilidades de trânsito que nos deixam permanentemente na dúvida.
E não se pense que se cinge meramente ao trânsito citadino (na perspectiva dinâmica do termo). A outras que nunca se repetem mesmo que seja o mesmo dia da semana um estacionamento pode estar às moscas ou a rebentar pelas costuras, um centro comercial pode estar perfeito para um pequeno passeio em busca daquele artigo que faz falta ou uma jornada ardilosamente cansativa de "com licença, posso passar?"

Não há de facto como morar noutros locais (mais perto ou mais longe) para vermos como a nossa experiância de vida é limitada...


Publicado por Mauro Maia às 18:34
Atalho para o Artigo | Cogitar | Adicionar aos favoritos

Cognosco ergo sum

Conheço logo sou

Estatísticas

Nº de dias:
Artigos: 336
Comentários: 2358
Comentários/artigo: 7,02

Visitas:
(desde 26 de Abril de 2005)
no Cognosco
 
Cogitações recentes
Obrigado, João, pela contribuição. Não está no art...
Estive lendo sua cogitação à respeito do cálculo d...
Obrigado, Aleff, pelo apreço pelo artigo. Exatamen...
achei muito interessante essa sua forma de ver a l...
Obrigado, Desejo um bom 2014 também.
Artigos mais cogitados
282 comentários
74 comentários
66 comentários
62 comentários
45 comentários
Artigos

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Julho 2016

Março 2015

Dezembro 2014

Outubro 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Agosto 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005