Últimas atualizações
Novo endereço do Cognosco: http://www.cognoscomm.com
Diário das pequenas descobertas da vida.
Terça-feira, 8 de Março de 2005
Julius
- Júlio César NÃO foi o 1º imperador Romano. Aliás nunca foi Imperador. No dia em que foi ao Senado para (pensou ele) ser coroado foi assassinado por senadores (incluindo Brutus, seu filho adoptivo. "Et tu, Brutus?") que não queriam o regresso à Monarquia em Roma. Os Romanos tiveram 3 Reis, todos Etruscos. Descontentes com eles instalaram uma Républica (res publica, "coisa pública"). Mas a visão de longo prazo deles não foi das melhores pois um sobrinho-neto de César, de nome Caio César Augusto, tornou-se o 1º Imperador romano. Pelos menos é certo que nunca mais foram uma Monarquia. Até ao fim foram um Império.</br></br>- Júlio César (tantas imprecisões ligadas a ele...) NÃO disse "Alea jacta est" quando atravessou o rio que separava a Itália da Gália, o Rubicão, quando partiu para a conquista desta. Foi depois de a conquistar, quando teve de voltar a Roma para impedir que os seus inimigos políticos, cujo poder tinha aumentado na sua longa ausência, o removessem de "ditador" de Roma (cargo este que não tinha a carga negativa que tem hoje em dia. Era simplesmente alguém (neste caso 3) que geriam a República). Daí os dado estarem lançados ou a sorte estar lançada. Não sabia se iria ou não derrotar os seus inimigos e também quais as consequências de levar as suas legiões para a cidade de Roma (que na altura era expressamente proibido, para evitar golpes militares).


Publicado por Mauro Maia às 17:53
Atalho para o Artigo | Cogitar | Adicionar aos favoritos

1 comentário:
De Rui a 9 de Março de 2005 às 12:39
Tenho para mim que a verdadeira razão da imensa popularidade do Júlio César e de tanta gente o tomar como um "grande homem" e o "primeiro imperador de Roma" é tão só e somente por ele ser protagonista nas aventuras do Astérix... Mas e daí, que sei eu.


Comentar artigo

Cognosco ergo sum

Conheço logo sou

Estatísticas

Nº de dias:
Artigos: 336
Comentários: 2358
Comentários/artigo: 7,02

Visitas:
(desde 26 de Abril de 2005)
no Cognosco
 
Cogitações recentes
Obrigado, João, pela contribuição. Não está no art...
Estive lendo sua cogitação à respeito do cálculo d...
Obrigado, Aleff, pelo apreço pelo artigo. Exatamen...
achei muito interessante essa sua forma de ver a l...
Obrigado, Desejo um bom 2014 também.
Artigos mais cogitados
282 comentários
74 comentários
66 comentários
62 comentários
44 comentários
Artigos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Julho 2016

Março 2015

Dezembro 2014

Outubro 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Maio 2010

Janeiro 2010

Agosto 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005